domingo, 18 de fevereiro de 2018

Sardas: Imperfeição!?


Brock Elbank é um fotógrafo de Londres que é mais conhecido por sua habilidade de enfatizar as chamadas "imperfeições" humanas e transformá-las em retratos impressionantes. Neste trabalho ele mostra uma série de pessoas portadoras de sardas.


Elbank diz que ficou surpreso ao ouvir as histórias de infância complicada de seus modelos, que freqüentemente envolvem bullying e rejeição. 


Ele acha que cada indivíduo é singularmente encantador e lindo. Seu objetivo para esta série é fotografar 180 pessoas de diferentes etnias, idades e gêneros.


De maio a outubro, será feito uma exposição dos retratos na Suécia e um livro de arte será lançado em setembro de 2018.







Fonte: 

www.boredpanda.com

sábado, 17 de fevereiro de 2018

Vaca ganha fama após fuga espetacular na Polônia


Na Polônia uma vaca fez uma fuga espetacular enquanto estava sendo levada para um matadouro.

Ignorando o conselho de que a mesma deveria se sedada, um dos trabalhadores teve o braço quebrado além de outros ferimentos enquanto o animal derrubava uma cerca de metal e saltava para o lago Nyskie, sul da Polônia, dirigindo-se para uma ilha.

Depois de uma semana tentando recuperar a vaca, o agricultor, conhecido apenas como o Sr. Lukasz, desistiu da empreitada.

Quando os bombeiros usaram um barco para chegar à ilha, a vaca nadou cerca de 50 metros para uma península vizinha.

Pawel Gotowski, vice-comandante da brigada de bombeiros em Nyskie, disse que o animal estava muito assustado e era impossível se aproximar.

Um político local e uma ex-cantora se ofereceram para salvar a nova "celebridade" da morte.

O político disse que se todos os cidadãos demonstrassem tal determinação como o animal, a Polônia seria um país muito mais próspero. Ele completa falando que embora não seja vegetariano, confessa que a força de vontade para viver que a vaca demostrou tem um valor inestimável.

Fonte:

https://googleusercontent.com

terça-feira, 13 de fevereiro de 2018

Cão vela amigo morto em atropelamento


Na tarde desta segunda-feira um fato chamou a atenção dos moradores de Curitibanos, cidade do Meio-Oeste de Santa Catarina. Depois da morte de um cão por atropelamento na Avenida Rotary, no Bairro Aparecida, um outro cão permaneceu ao seu lado no meio do asfalto durante quatro horas mesmo embaixo de chuva. O acidente ocorreu por volta das 13h. 

Alcione Ortiz, um socorrista do Samu, presenciou a cena e fotografou o momento. 

"Parecia que ele estava chorando, foi uma cena bem emocionante. Tirei ele da pista para que o outro não fosse atropelado também. Saí de lá e eles continuavam juntos", contou o socorrista.

“Desde a avenida até no canteiro o cachorro ficou do lado do seu amigo. Eu me comovi. Era de cortar o coração”,  completa.

O socorrista foi para casa e após duas horas resolveu voltar até o local. “Os dois continuavam inseparáveis, foi quando decidi levar o vira-lata para casa e enterrar o outro cão atropelado”, explicou.


De acordo com Alcione, os vizinhos e as pessoas que passavam pelo local não tinham visto o vira-lata nas mediações. Apesar de tentar ajudar o animal levando para casa, ele acabou fugindo. “Fui buscar ração para ele, mas ele acabou escapando. Depois fiquei sabendo que morava na rua”, disse.

Para Alcione, a situação da relação entre os dois cães foi uma lição de vida.

“Esse cachorro mostrou o quanto é fiel ao amigo. Foi uma emoção muito grande, em saber que mesmo correndo perigo de ser atropelado também, o vira-lata ficou firme e forte ao lado do amigo”, completou.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...